Senado Federal | Agência Senado
Imprimir esta página
 
Poluição Sonora
Sintomas vão da dor de cabeça à perda da audição e pressão alta

 


Os efeitos negativos no organismo decorrentes da exposição ao ruído podem variar em cada indivíduo. Alguns sintomas são sentidos momentaneamente, como dores de cabeça. Outros problemas, porém, como a perda auditiva, ocorrem sem ser notados.

Os principais transtornos são:

• distúrbios do sono

• estresse

• perda da capacidade auditiva

• alteração do humor

• irritabilidade

• aumento da freqüência cardíaca

• surdez

• zumbido no ouvido

• distúrbios digestivos

• falta de concentração

• pressão alta

• dor de cabeça

• fadiga

• alergias

Conforto acústico

Segundo a Norma 10.152 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), o limite aceitável de ruído é diferente para cada área. O valor menor corresponde ao nível sonoro para conforto. O maior significa o nível aceitável, ambos em decibéis:

• enfermaria de hospital: 35dB a 45dB

• sala de aula: 40dB a 50dB

• quarto de hotel: 35dB a 45dB

• dormitório residencial: 35dB a 45dB

• escritório com computadores: 45dB a 65dB

• pavilhões fechados para espetáculos e esporte: 45dB a 60dB

Níveis de ruído

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o nível de ruído recomendável para a audição é de até 50 decibéis (dB). A tabela abaixo mostra exemplos de níveis médios de ruídos em decibéis.

• 15 dB: cochichar

• 30 dB: jardim tranqüilo

• 60 dB: barulho de escritório

• 75 dB: liquidificador

• 85 dB: rua com trânsito intenso

• 90 dB: caminhão pequeno acelerando

• 100 dB: britadeira

• 110 dB: concerto de rock

• 120 dB: avião a jato

• 140 dB: limite da audição

O que fazer

• não acelere o carro enquanto estiver parado no trânsito

• regule freqüentemente o motor do carro

• evite usar a buzina

• reduza o volume dos aparelhos domésticos, como som e TV

• use tampões de ouvido em situações de exposição ao barulho

• compre aparelhos com baixo índice de ruído

• engenheiros e arquitetos podem fazer alterações para melhorar a acústica dos ambientes ou detectar falhas estruturais que facilitem a propagação do som.

• denuncie locais barulhentos e que desrespeitem a Lei do Silêncio.

 

Agência Senado - Senado Federal | E-mail: agencia@senado.gov.br
Praça dos Três Poderes, Anexo I, 20.º andar.
70165-920 - Brasília DF