Senado Federal | Agência Senado
Imprimir esta página
 
Gasolina aditivada
Precaução na hora da troca

A gasolina aditivada pode ser utilizada em qualquer veículo, especialmente nos equipados com injeção eletrônica. Mas, se o veículo estiver sendo abastecido há muito tempo com gasolina comum e a intenção é trocá-la pela aditivada, recomenda-se fazer uma limpeza no sistema de combustão (tanque, tubulações e bicos injetores) ou utilizar o combustível aditivado de forma gradativa a fim de promover uma limpeza suave. Do contrário, nos primeiros abastecimentos com a gasolina aditivada a sujeira acumulada no motor irá se soltar, podendo provocar entupimento do filtro, do carburador ou do sistema de injeção.

O consultor técnico da Citroën Jairo Rocha avalia, no entanto, que essa é apenas uma precaução sugerida para evitar eventuais problemas com as peças do carro e não um prognóstico de dano ao motor. Com experiência de 20 anos, o consultor afirma nunca ter obtido um relato de cliente com reclamações referentes a danos ao motor e nem mesmo a problemas nas peças em conseqüência da mudança do uso de combustível.



Agência Senado - Senado Federal | E-mail: agencia@senado.gov.br
Praça dos Três Poderes, Anexo I, 20.º andar.
70165-920 - Brasília DF