Senado Federal | Agência Senado
Imprimir esta página
 
Alcoolismo
Consumo de álcool no país começa aos 11 anos

O alcoolismo é uma doença grave que atinge 10% da população brasileira. O consumo descontrolado do álcool atinge não só a saúde dos dependentes e a vida de seus familiares, mas se reflete no alto número de acidentes de trânsito e de trabalho e nos casos de violência doméstica e social.

Ao contrário de outras drogas que também afetam o sistema nervoso central, como a maconha, o álcool pode ser comercializado e usado livremente, com restrições apenas à venda para menores. A ausência de uma política restritiva à comercialização e à publicidade de bebidas alcoólicas, segundo especialistas, seria responsável pelo alto consumo entre os jovens. Conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS), os brasileiros começam a beber, em média, aos 11 anos. O estudo mostrou ainda que 70% da população já consumiu ou consome algum tipo de bebida alcoólica.

Para a OMS, quanto maior a freqüência e a quantidade utilizada, maior é o risco de se tornar dependente. A dependência é definida por um conjunto de sintomas e sinais, tais como o aumento progressivo do número de doses para obter a mesma sensação no organismo, a tolerância aos efeitos do álcool, a síndrome de abstinência quando a substância não é ingerida e os problemas de relacionamento associados ao uso da bebida.

Essa edição traz a legislação, o teste criado pelos Alcoólicos Anônimos e as informações sobre onde encontrar tratamento para a doença.vereiro, quando cai o número de doações. O leitor também pode obter informações pelo Disque Saúde - 0800 61 1997 -, do Ministério da Saúde.

A ligação é gratuita.

Veja quadro sobre alcoolismo no Brasil e seu tratamento:


Agência Senado - Senado Federal | E-mail: agencia@senado.gov.br
Praça dos Três Poderes, Anexo I, 20.º andar.
70165-920 - Brasília DF