|. HOME .| -->

Percepção de risco dos usuários

O psiquiatra Esdras Cabus Moreira afirma que um estudo americano revelou que a expansão do consumo de uma droga tem relação com a percepção de risco dos usuários. Segundo o psiquiatra, cada vez mais os estudantes dos EUA acreditam que a maconha, por conta de seu uso medicinal, é pouco perigosa. “Isso corresponde a um aumento do consumo”, afirmou Esdras.

Porém, com relação ao crack, até mesmo os usuários pensam se tratar de uma droga arriscada, “de mendigo", que traz graves prejuízos. Essa percepção de risco com relação ao crack foi confirmada pela pesquisa nacional sobre drogas realizada em 2005.

“Essa droga não vai se disseminar como se fosse uma praga, uma epidemia. Ela vai encontrar formas de uso que têm a ver com situações de percepção de risco, com outras questões de vulnerabilidades sociais relacionadas”, explicou Esdras.

Faça seu comentário