|. HOME .| -->

Crack é despertador para o problema das drogas

Senadores e médicos acreditam que a disseminação do crack serve para que haja uma mobilização maior com ­relação à dependência química.

“O crack, infelizmente, serviu para que a sociedade acordasse. Com 35 anos de formado, ouço colegas me dizerem 'Vocês têm que fazer alguma coisa!'. A exacerbação serviu para que o Congresso e a sociedade se mobilizassem para enfrentar o ­crack. A gente tem que entender a ­necessidade de enfrentar a dependência química”, pondera o senador Waldemir Moka.

O médico Ricardo Paiva entende que é importante abordar o crack de maneira específica. “Segundo a ONU, a droga cuja incidência mais aumentou nos países ricos foram os estimulantes do sistema nervoso central [ecstasy e anfetaminas], diz".

Comentários
Faça seu comentário