Garibaldi insistirá na rigidez de regras para edição de MPs

14/10/2010 18:15:11

Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN)Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN) promete iniciar seu terceiro mandato como senador defendendo mais restrições à edição de medidas provisórias (MPs) pelo Poder Executivo. Seus argumentos por um Legislativo mais independente e por mais equilíbrio na relação entre os Poderes da República vêm sendo firmados desde a época em que ocupou a Presidência do Senado (2007 a 2009).

- É preciso buscar uma convivência mais harmoniosa entre Executivo e Legislativo dentro da correlação de forças entre as bancadas. A convergência em torno de determinados temas é fundamental para se alcançar resultados mais auspiciosos - sustenta.

O parlamentar aponta o entendimento entre governistas e oposicionistas como a chave para avançar nas votações em torno de projetos importantes para o país, a exemplo das reformas política e tributária. Outro tema inevitável nessa próxima legislatura, segundo avalia, será a reforma da previdência, que estaria incompleta e requer aperfeiçoamento.

- Não devemos perder de vista que o país é jovem e precisa de reformas - ressalta.

Garibaldi pretende pautar ainda sua atuação parlamentar nesse novo mandato pela defesa dos interesses dos trabalhadores rurais, pescadores artesanais, empregados domésticos e pela revisão das regras do Orçamento Geral da União.

Simone Franco / Agência Senado