Tecnologias Sociais - “soluções simples são as que dão melhores resultados”


18.02.2010

Em pronunciamento no Senado Federal, a Senadora Maria do Carmo Alves (DEM/SE) prestou homenagem póstuma à Doutora Zilda Arns, médica pediatra e sanitarista que revolucionou a saúde infantil no Brasil e que foi vítima fatal do terremoto que assolou o Haiti no início deste ano.

A Senadora ressaltou o exemplo deixado por Zilda Arns na utilização de tecnologias sociais baseadas na simplicidade e no trabalho voluntário, que atualmente envolve 260 mil mulheres da Pastoral da Criança. “Esse trabalho em rede talvez seja o melhor exemplo de voluntariado de que se tem notícia no país. As mulheres aprendem umas com as outras, recebem capacitação da pastoral e angariam novas parceiras pelo caminho. Juntas, formam uma rede de proteção e apoio que vai além das condições nutricionais das crianças e da condução adequada da gestação”, disse.

Citando artigo de Milú Villela, c oordenadora da Comissão de Articulação do movimento Todos pela Educação e presidente do Faça Parte, do Centro de Voluntariado de São Paulo, publicado na Folha de São Paulo, no mês passado, Maria do Carmo destacou importantes ações da pastoral, como a difusão do soro caseiro para combate à diarréia e à desidratação e a criação de misturas nutricionais com sobras de alimentos antes rejeitadas pelas comunidades pobres, como cascas de frutas e legumes, que conseguiram mudar o cenário de desnutrição e mortalidade infantis no Brasil.

“Outra lição igualmente simples e fundamental foi priorizar a informação e a conscientização das famílias, especialmente das mulheres, criando novo ambiente de cidadania nas comunidades carentes”, lembrou a Senadora. Parafraseando a Doutora Zilda que dizia que "tudo o que a pastoral faz é simples", Maria do Carmo concluiu afirmando que soluções simples são as que dão melhores resultados.

 

Informações fornecidas pelo Gabinete da Senadora