Conversa Pessoal
Ano VII - Número 84 - novembro - 2007

Beleza
Colaboração: Dra. Rachel Collins Campedelli

Diferenças entre depilação e epilação

Foto de mulher depilando a perna

A remoção de pêlos pode ser realizada por dois modos: a Epilação e a Depilação.

Epilação é quando ocorre a remoção por extração dos pêlos inteiros incluindo as porções abaixo da pele, como parte do bulbo piloso. Ex: pinças, ceras, aparelhos elétricos que arrancam os pêlos, laser, luz intensa pulsada, eletrólise.

Depilação é a remoção de pêlos rente à superfície da pele não sendo atingido as porções internas dos folículos pilosos.

Os pêlos são anexos da pele, existentes em todos os seres humanos normais, com distribuição típica em cada gênero (masculino e feminino) e com funções específicas: proteção e sensitiva.

Há dois tipos de pêlos: o pêlo fino, claro e pouco desenvolvido, o velus no adulto e denominado lanugo quando no feto humano; e o pêlo terminal, que corresponde ao pêlo espesso e pigmentado, que compreende os cabelos, a barba, a pilosidade pubiana e axilar.



Processo Epilatório:

Pré-tratamento:
Limpar a área a ser tratada.
O HANDPIECE deve estar limpo e desinfetado antes de cada tratamento.
Usar proteção de olho para o paciente, o operador e qualquer pessoa que esteja no local do tratamento, de acordo com o aparelho de laser que será usado.
Fotografar a região.

Tratamento:

Aparar e limpar os pêlos densos da área tratada.
Usar gel resfriado, dependendo do aparelho a ser usado.
Aplicar o laser com programa de energia mais baixo em pele escura.
Ao usar o Active/Record são recomendadas duas ou três passagens na mesma área para evitar áreas sem tratamentos.

Pós-tratamento:

Limpar a área.
Aplicar creme refrescante ou antiinflamatório.
Na face, aplicar protetor solar.
Podem ocorrer discreta ardência e eritema (vermelhidão) que desaparecerão até duas horas depois de tratamento. Usar compressas geladas.

Efeitos sobre o pêlo:

O princípio clínico sobre o qual se baseia a ação do laser, é chamado fototermólise:

FOTO = LUZ
TERMO = CALOR
LISE = DESTRUIÇÃO

A luz emitida pelo aparelho, graças a sua potência e ao tempo de impulsos particularmente altos, tem uma elevada capacidade de penetração na pele. A luz atinge o bulbo piloso e é transformada em calor pela melanina aí presente. Este considerável e repentino aumento de temperatura permite a destruição do bulbo, da bainha epitelial e de pequenos vasos capilares que o nutre.

A característica inovadora do laser é a de emitir uma luz de elevada potência e particularmente seletiva; portanto, a alta energia transmitida é direcionada exclusivamente ao pêlo sem danificar a pele que o circunda. Esta ação é chamada de fototermólise seletiva.

Os pêlos só são eliminados na fase Anágena, quando existe uma maior concentração de melanina e maior contato com as estruturas do folículo piloso o que permite a sua destruição.

Por esse motivo são necessárias várias aplicações em intervalos distintos para cada região. A cada aplicação uma parte dos pêlos e da capacidade de produção de novos pêlos é eliminada. Nas sessões subseqüentes, é conseguido um resultado cada vez melhor.

Fonte:

NUOVA - Clínica Medicina e Estética
Colaboração: Dra. Rachel Collins Campedelli - servidora da SAMS
SEPS 705/905 - Ed. Santa Cruz - bl. "A" - sala 522
Fone: (61) 3244-7966 - Brasília - DF


Imagem: http://www.antena10.com.br/


ATENÇÃO: A responsabilidade deste artigo é exclusiva de seu respectivo autor (fonte ou fontes).




Endereço: Av. N2 - SEEP - Bloco 07 - Térreo - Prédio da Diretoria Executiva da Gráfica - 70165-900 – Brasília–DF
Telefone: 61 - 0800612210 - E-mail: pessoal@senado.gov.br