E-book O legislativo brasileiro
/Pesquisas de Opinião
Imprimir Compartilhe no Twitter

11/9/2014
Pesquisa mostra que brasileiro está menos otimista com relação ao futuro

Levantamento realizado pelo DataSenado registrou queda do número de brasileiros que acham que a própria condição econômica vai melhorar nos próximos meses: de 51%, em dezembro de 2013, para 41% no final do primeiro semestre de 2014.

Essa perspectiva menos otimista quanto ao futuro pode estar associada à avaliação negativa da condição econômica recente. Isso porque também foi registrado aumento do percentual de entrevistados que, nos últimos seis meses, disseram ter sofrido piora de sua condição econômica (de 30% para 38%). De modo semelhante, sobre a sensação de bem-estar da população, verificou-se aumento de 23% para 29% do total de pessoas que declararam piora.

A atuação do Senado foi considerada regular por 45% dos respondentes. Interessante notar que, quanto maior a sensação de bem-estar do entrevistado, melhor a avaliação que ele faz do Senado. De fato, 47% dos que consideram ótima a atuação do órgão afirmaram que sua sensação de bem-estar cresceu nos últimos seis meses, enquanto 19% deles relataram uma piora dessa sensação.

A respeito da função de elaborar leis que ajudem o país, 46% disseram que o Senado cumpre mais ou menos esse papel, ao passo que 47% também pensam assim se levado em conta o papel de fiscalizar as ações do governo federal.

Saúde segue na dianteira como maior preocupação do brasileiro
Quando convidados a indicar qual sua maior preocupação na atualidade, 29% apontaram a saúde entre oito opções de resposta predefinidas.

Em junho de 2013, período em que manifestações de rua tomaram diversas cidades brasileiras, a segurança pública figurou como a maior preocupação. No atual levantamento, a segurança alcançou 23%, seguida da corrupção com 21%, e da educação com 10% – percentuais muito semelhantes aos da pesquisa de dezembro do ano passado. Sobre o quanto o Senado pode ajudar a resolver essa preocupação, 68% acreditam que ele pode ajudar muito.

Brasileiros atestam importância do Congresso como instituição essencial à democracia
O Congresso Nacional é visto como importante instrumento para a democracia brasileira por 73% dos entrevistados. Da mesma forma, é majoritária a preferência pelo regime democrático de governo: 76% apontaram a frase “a democracia é sempre a melhor forma de governo” como a que melhor descreve sua opinião, contra 22% que acham, em algumas situações, um governo autoritário melhor.

Na opinião de 58%, voto obrigatório prejudica a democracia no Brasil
O voto obrigatório segue sendo visto pela maioria (58%) como instituto prejudicial à democracia. A existência de muitos partidos políticos é considerada perniciosa por 79% dos entrevistados. A liberdade de imprensa, por outro lado, é vista por 86% como positiva para a democracia brasileira.

A pesquisa foi realizada em todos os estados, no período de 6 de junho a 7 de julho, com 1.106 pessoas de 16 anos ou mais. Os dados foram coletados pelo Alô Senado por meio de entrevistas telefônicas. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%.


Outras Informações:
Secretaria de Transparência
DataSenado

(061) 3303 1211
datasenado@senado.leg.br
www.senado.leg.br/datasenado

 

Alô Senado Senado na mídia Alô Senado
STRANS - COORDENAÇÃO DE CONTROLE SOCIAL | Senado Federal, Via N2, Anexo D, Bloco 4, Cep 70165-900, Brasília/DF | (61) 3303-1211 | Alô Senado: 0800 612211
Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900