E-book O legislativo brasileiro
/Pesquisas de Opinião
Imprimir Compartilhe no Twitter

09/07/2013
Com interesse crescente por política, a maioria dos brasileiros aponta o Congresso como “muito importante para a democracia”, rejeita o voto obrigatório e está menos otimista em relação à situação financeira pessoal.

 

Pesquisa do DataSenado, feita no período das grandes manifestações populares, entre os dias 4 e 25 de junho, registra crescimento no interesse por política. Na avaliação sobre o papel do Congresso, 73,6% apontaram-no como “muito importante” para a democracia, que é a melhor forma de governo para 78,8%. Também a maioria dos entrevistados – 73,4% – confia que o Senado pode ser ”muito útil” para ajudar a amenizar as maiores preocupações dos brasileiros – segurança, saúde e corrupção.

A pesquisa do DataSenado ouviu, por telefone, 1.226 pessoas, maiores de 16 anos, em todo o Brasil. Entre os pesquisados, 52,3 % e 53,1% avaliam de forma positiva ou regular que o Senado cumpre as funções de elaborar leis para melhorar o país e a de fiscalizar as ações do governo federal.

Cresce a rejeição ao voto obrigatório – três em cada cinco brasileiros (59%) são contrários a ele. Em dezembro de 2012, eram 50,8% os que consideravam essa obrigatoriedade prejudicial à democracia.

Além das questões políticas, a pesquisa do DataSenado, repetida duas vezes ao ano desde 2011, registrou ainda que os brasileiros estão menos otimistas em relação ao futuro. Houve, por exemplo, queda de mais de 10 pontos na crença de que a situação econômica pessoal deve melhorar nos próximos seis meses. Hoje 46,8% acreditam nisso. Em julho e dezembro de 2012, 54,8% e 58,1% tinham confiança na melhoria de sua situação econômica. Também 35,6% dos entrevistados apontaram mudanças para pior em sua condição econômica, contra os 24,1% que registravam o mesmo em 2012.

A série histórica do DataSenado sinaliza pequeno – mas constante – crescimento no interesse por política. Hoje, 23,8% classificam alto seu interesse pelo tema. Em novembro de 2011, julho e dezembro de 2012 os índices eram 19,4%, 21,8% e 23,1%. Mesma tendência aparece entre os de interesse “médio” – 49,8% agora, 46,2% em 2011, 47% e 48,6% em julho e dezembro de 2012.

 

Alô Senado Senado na mídia Alô Senado
STRANS - COORDENAÇÃO DE CONTROLE SOCIAL | Senado Federal, Via N2, Anexo D, Bloco 4, Cep 70165-900, Brasília/DF | (61) 3303-1211 | Alô Senado: 0800 612211
Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900