E-book O legislativo brasileiro
/Notícias
Imprimir Compartilhe no Twitter

25/8/2014
Maioria de internautas aprova fiscalização sobre a CBF pelo Tribunal de Contas da União

O DataSenado, em parceria com a Agência Senado, realizou enquete na primeira quinzena de agosto sobre o projeto de lei do Senado (PLS 221/2014) que, entre outras disposições, prevê que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) seja fiscalizada pelo Tribunal de Contas da União. A proposta é de autoria do senador Alvaro Dias (PSDB-PR).

Na ocasião, o internauta foi convidado a se posicionar sobre a seguinte pergunta: “Você é a favor ou contra o projeto que prevê que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) seja fiscalizada pelo Tribunal de Contas da União (PLS 221/2014)?”. No total, 898 internautas opinaram, sendo que 95% afirmaram ser a favor de uma fiscalização mais rígida sobre a CBF.

O projeto obriga a CBF a encaminhar anualmente suas contas para o Tribunal de Contas da União, a fim de que sejam apreciadas. Caso a Confederação deixe de cumprir essa disposição, além de outras previstas no projeto, ficará sujeita à suspensão de todo e qualquer benefício concedido pelo governo federal ou pelos entes federativos.

O fracasso da seleção brasileira na Copa do Mundo trouxe à tona o assunto. Na justificativa, é lembrada a necessidade de combater a má gestão, a corrupção e a promiscuidade no mais importante esporte nacional. O autor argumenta que mesmo uma vitória no Mundial não teria forças para absorver os corruptos. Ele cita que é inadiável enquadrar o futebol como atividade essencialmente econômica, geradora de emprego, de renda e de receita pública, sendo essencial um novo modelo de gestão e controle públicos.

No espaço Comente o Projeto, da página do DataSenado, alguns cidadãos encaminharam mensagens. Além de pedirem a fiscalização sobre a CBF, mencionaram também os outros times brasileiros. "Sou a favor da fiscalização da CBF pelos órgãos de controle. E sou também a favor da fiscalização dos 50 principais clubes brasileiros pelos órgãos de controle", defendeu o Arthur Ferreira, de Campina Grande/PB.

No total, 898 internautas votaram na enquete, sendo que 95% foram a favor da proposta, enquanto 5% declararam ser contrários à fiscalização da confederação.

Os resultados da enquete representam a opinião das pessoas que votaram, não sendo possível extrapolá-los para toda a população brasileira.

Outros destaques

Alô Senado Senado na mídia Alô Senado
STRANS - COORDENAÇÃO DE CONTROLE SOCIAL | Senado Federal, Via N2, Anexo D, Bloco 4, Cep 70165-900, Brasília/DF | (61) 3303-1211 | Alô Senado: 0800 612211
Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900