/NOTíCIAS

25/05/2011
Cidadãos debatem plebiscito sobre criação do Estado do Tapajós. PLC 122 e ”kit” sobre homofobia ainda são os principais temas de mensagens para o Alô Senado

Nesta terça-feira (24) um novo tema surgiu entre as manifestações dos cidadãos ao Alô Senado. O plebiscito sobre a criação do Estado do Tapajós, de que trata o Projeto de Decreto Legislativo 19/99, foi alvo de um número significativo de manifestações desfavoráveis. Os cidadãos que contataram a Central de Relacionamento citaram a preocupação com os custos associados à criação de um novo estado. Os investimentos necessários para que o Estado do Tapajós seja criado seriam feitos em detrimento do desenvolvimento dos estados já existentes na federação, argumentam.

Um grande número de mensagens sobre o tema da homofobia, por outro lado, também foi recebido pelo Alô Senado. O “kit” referente à homofobia, proposto pelo Ministério da Educação, vem sendo muito criticado pelos cidadãos. A exemplo do PLC 122, cujas manifestações prosseguem majoritariamente contra sua aprovação.

Dois temas voltaram a fazer parte das manifestações dos cidadãos: o Código Florestal, apresentado no PL 1876/1999, e o PLS 176/2011, que altera o Estatuto do Desarmamento. Os cidadãos se manifestaram desfavoravelmente sobre ambos os temas.

Mídias Sociais

@alosenado
O perfil do twitter do Alô Senado ainda não refletiu as mudanças registradas na Central de Relacionamento. No microblog os temas continuam concentrados no projeto do PLC 122 e no kit da homofobia. Nos dois casos as opiniões são majoritariamente contrárias.

Lembramos que as opiniões registradas pela Central de Relacionamento e pelas mídias sociais do Alô Senado, Twitter e Facebook, refletem a visão pessoal dos cidadãos que se manifestaram por intermédio destes canais de comunicação. Estas opiniões não podem, de forma alguma, ser extrapoladas para toda a população brasileira.

STRANS - SUBSECRETARIA DE PESQUISA E OPINIÃO | Senado Federal, Via N2, Anexo D, Bloco 4, Cep 70165-900, Brasília/DF | (61) 3303-1211 | Alô Senado: 0800 612211