/NOTíCIAS

20/05/2011
Intenso debate sobre o PLC 122 marca a semana. Opiniões continuam majoritariamente contrárias ao projeto. Direito a liberdade de expressão e violência contra homossexuais são as preocupações

A semana que se encerra foi caracterizada pelo intenso debate em torno do PLC 122/2006, que criminaliza a homofobia. O crescimento no número de mensagens recebidas pela Central de Relacionamento do Alô Senado chegou a provocar dificuldades de atendimento. Nesta quinta-feira (17) as opiniões continuaram majoritariamente contrárias. Os índices alcançaram a proporção de 96% contra e 1% a favor. Os 3% restantes foram de cidadãos que mencionaram o tema sem emitir opiniões favoráveis ou desfavoráveis.

O direito à liberdade de expressão, a preservação dos costumes familiares e religiosos e a angústia perante atitudes de violência contra homossexuais estão entre as preocupações dos que se manifestaram, a favor e contra. A proposta tramita no Senado e é alvo de intensos contatos parlamentares, em busca de um texto que reflita o respeito a esses temores e aspirações dos cidadãos.

Outros assuntos foram responsáveis por somente 6% das mensagens recebidas. Entre eles estão a administração pública, aposentadoria e meio ambiente.

Mídias Sociais

@alosenado
O perfil no twitter acompanhou o movimento da Central de Relacionamento, com um grande número de citações ao @AloSenado. Nesta semana que se encerra tivemos 100% de tweets relacionados ao PLC 122, refletindo o grau de mobilização dos vários segmentos da sociedade em torno do projeto.

Lembramos que as opiniões registradas pela Central de Relacionamento e pelas mídias sociais do Alô Senado, Twitter e Facebook, refletem a visão pessoal dos cidadãos que se manifestaram por intermédio destes canais de comunicação. Estas opiniões não podem, de forma alguma, ser extrapoladas para toda a população brasileira.

STRANS - SUBSECRETARIA DE PESQUISA E OPINIÃO | Senado Federal, Via N2, Anexo D, Bloco 4, Cep 70165-900, Brasília/DF | (61) 3303-1211 | Alô Senado: 0800 612211