/NOTíCIAS

29/11/2011
Redução de maioridade penal e extinção de benefícios a detentos são alvo de manifestações ao Alô Senado. Aplicação da Lei da Ficha Limpa a servidores públicos recebe apoio popular

O Direito Penal foi tema de manifestações ao Alô Senado nesta segunda-feira (28). Os cidadãos voltaram a solicitar a redução da maioridade penal com urgência. Todos os que se manifestaram consideraram que 18 anos não é um limite condizente com a situação atual, na qual pessoas cada vez mais jovens têm praticado crimes.

Também foi criticado o fato de o governo gastar mais com a punição do infrator que comete pequenos crimes do que gastaria para recuperá-lo e ressocializá-lo. Benefícios aos detentos como o indulto natalino e o auxílio reclusão foram alvos de críticas por parte de cidadãos, que os consideram estímulos à criminalidade.

A PEC 30/2010, que estende aos candidatos a servidores públicos a aplicação da Lei da Ficha Limpa foi, novamente, citada em manifestações à Central de Relacionamento do Senado. Os cidadãos afirmaram que o projeto deveria ser aprovado o mais brevemente possível, ainda que alguns duvidem que políticos reprovados pela lei tenham interesse em aplicá-la.

Lembramos que as opiniões registradas pela Central de Relacionamento e pelas mídias sociais do Alô Senado, Twitter e Facebook, refletem a visão pessoal dos cidadãos que se manifestaram por intermédio destes canais de comunicação. Estas opiniões não podem, de forma alguma, ser extrapoladas para toda a população brasileira.

STRANS - SUBSECRETARIA DE PESQUISA E OPINIÃO | Senado Federal, Via N2, Anexo D, Bloco 4, Cep 70165-900, Brasília/DF | (61) 3303-1211 | Alô Senado: 0800 612211