/NOTíCIAS

12/09/2011
Alô Senado registra apelos pela votação do PLS 162/1999, que dispõe sobre a jornada de trabalho dos enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem. Novo código florestal recebe sugestões dos cidadãos.

O Alô Senado registrou, nesta sexta-feira (9), manifestações favoráveis à aprovação do PLS 161/1999, que dispõe sobre a jornada de trabalho dos enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem. Segundo cidadãos que contataram o Alô, há mais de um milhão de profissionais da área aguardando pela aprovação da jornada de 30h semanais e pelo piso salarial. Longas jornadas de trabalho, plantões de 24h e a necessidade de múltiplos vínculos empregatícios são fatores mencionados como determinantes para a aprovação da matéria.

Continuaram a ser recebidas mensagens referentes ao PLC 30/2011, conhecido como o novo Código Florestal. Nelas alguns cidadãos sugeriram que todas as empresas que possuam terras sejam obrigadas a manter área de preservação proporcional ao tamanho da propriedade. Sugeriu-se, também, que se passe a exigir dos produtores rurais a aplicação de técnicas de agroecologia em suas propriedades. A reutilização de todos os resíduos orgânicos gerados e a produção de energia a partir de resíduos urbanos foram outras soluções propostas. Na opinião dos cidadãos, a reciclagem dos resíduos rurais e urbanos é ecologicamente correta e financeiramente inteligente.

A Central de Relacionamento voltou a receber manifestações contrárias à aprovação do PLP 306/2008, que fixa valores mínimos a serem aplicados em saúde pelos Estados, Municípios, Distrito Federal e União. Os cidadãos afirmam que a criação desse novo imposto para a saúde, principalmente nos moldes da CPMF, não trará nenhum benefício pois o problema é de gestão pública.

O aumento para servidores do judiciário, de que trata o PL 7749/2010, ainda na Câmara, foi alvo de manifestações favoráveis.

Lembramos que as opiniões registradas pela Central de Relacionamento e pelas mídias sociais do Alô Senado, Twitter e Facebook, refletem a visão pessoal dos cidadãos que se manifestaram por intermédio destes canais de comunicação. Estas opiniões não podem, de forma alguma, ser extrapoladas para toda a população brasileira.

STRANS - SUBSECRETARIA DE PESQUISA E OPINIÃO | Senado Federal, Via N2, Anexo D, Bloco 4, Cep 70165-900, Brasília/DF | (61) 3303-1211 | Alô Senado: 0800 612211