|. HOME .| -->

Instituto Observatório Social

O Instituto Observatório Social (IOS) é uma organização que analisa como as empresas se comportam com relação aos direitos dos trabalhadores.

 

O instituto toma como base convenções da OIT para observar quesitos como liberdade sindical, negociações coletivas, trabalho infantil, trabalho forçado, discriminação de gênero e raça, meio ambiente, saúde e segurança, além do impacto das relações comerciais brasileiras no mercado de trabalho.

Ligado à Central Única dos Trabalhadores (CUT), o Instituto Observatório Social conta com o apoio do Centro de Estudos de Cultura Contemporânea (Cedec), do Departamento Intersindical de Estudos Socioeconômicos (Dieese), e da Rede Interuniversitária de Estudos e Pesquisas sobre o Trabalho (Unitrabalho). 

Comentários

Denúncia Mato Grosso

Será que existe Lei no Mato Grosso? O vereador eleito Marcio Mendes xinga promotores de Justiça ao vivo. Xinga prefeito, presidente da Câmara, desafia até Deus e nada acontece. Marcio Mendes tem trabalho escravo na Empresa Diamantinense de Comunicação LTDA – Jornal O Divisor e TV Diamante (CNPJ - 07.318.350.0001/40) , empresa que leva o nome laranja da irmã dele, Cristiane Mendes Cardoso e nada acontece. Será que o mundo tem medo deste homem que desafia a Justiça? Ele fez apologia ao vivo a criação, em Diamantino (MT), de um grupo de extermínio para matar menores e nada aconteceu com ele. Cadê a Justiça do Trabalho, o Ministério Público, o Poder Judiciário, a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), o Sindicato dos Jornalistas? Trabalho escravo, sem hora extra, sem adicional noturno, trabalhando em um carro caindo aos pedaços, sem nem ao menos água para beber na empresa, e ninguém nunca faz nada. Qual o medo que as autoridades de Mato Grosso têm desse homem? Depois de diplomado ele será protegido pelo manto da imunidade parlamentar. Cadê a Justiça no Mato Grosso, com tantas denúncias ele deveria ser investigado com frequência, mas não é isso que ocorre. Até quando virão jornalistas de todo país para sofrer humilhação e maus tratos em Diamantino (MT). Chega de salário atrasado, humilhação, péssimas condições de serviços, assédio moral. Ele usa o jornalismo para extorquir as pessoas, até quando? Será que o prepotente Marcio Mendes que desafia promotor de Justiça ao vivo na televisão está acima da Lei? Até hoje ele está, e nem investigado é, vergonha Brasil, esse monstro vai continuar atraindo jornalistas para trabalhos subumanos em Diamantino sem que nada seja feito? Será que fazer faculdade de Jornalismo, ser um profissional honesto não vale mais a pena? Parece que a solução é se igualar a ele, já que não dá nada fazer tudo que faz. O Ministério do Trabalho, em Cuiabá, diz que não tem carro e nem pessoal suficiente para realizar fiscalização, que entra numa lista de espera e quando tiverem tempo ou estiverem na região irão tomar providências. Que isso? Em que mundo nós vivemos? O Ministério do Trabalho não é um órgão que fiscaliza as condições de trabalho e trabalhador? Onde fica a nossa dignidade, a nossa moral?

24/11/2012 13:48:07, Lucas Almik
Faça seu comentário