|. HOME .| -->

O documento da ONU Esboço Zero reconhece a necessidade de governança internacional de meio ambiente para o desenvolvimento sustentável dos países

No documento Esboço Zero, a ONU reconhece a necessidade de fortalecer a governança internacional ambiental para promoção do desenvolvimento sustentável. Para resolver o problema, oferece duas opções: investir no Pnuma, inclusive financeiramente, para aprofundar sua capacidade de coordenação política e de implementação de iniciativas; ou estabelecer uma agência para o meio ambiente, com contribuições financeiras estáveis e operando em regime de igualdade com agências especializadas da ONU.

“Qualquer das duas opções deverá incluir mecanismos que impeçam a vinculação de temas não conexos, que importam restrições comerciais ou ao arbítrio de um eventual órgão que seja criado, o que torna vulneráveis os países emergentes”, avaliou o senador Fernando Collor.

O Esboço Zero também reconhece a necessidade de o desenvolvimento sustentável ser levado em devida consideração pelas instituições financeiras internacionais, principalmente o Banco Mundial e o FMI. “Nesse sentido, requisitamos que as instituições financeiras internacionais revejam suas estratégias programáticas para assegurar a provisão do melhor suporte possível para países em desenvolvimento para a implementação do desenvolvimento sustentável”, recomenda o documento da ONU.

Faça seu comentário

Temas em discussão na Rio+20