|. HOME .| -->

Vídeo mostra advogado Ércio Quaresma fumando crack

No Brasil, uma personalidade no auge da evidência foi para nas manchetes após ser visto fumando crack. Conhecido por cobrar caro para assumir a defesa de réus envolvidos em casos complexos, o advogado Ércio Quaresma ganhou especial notoriedade no ano passado, ao defender o ex-goleiro do Flamengo Bruno Fernandes, acusado de matar a amante Eliza Samudio. Durante a investigação do caso, Ércio Quaresma, de 46 anos, esteve envolvido em várias polêmicas geradas por discussões com policiais. Em uma audiência judicial, foi advertido por dormir durante o depoimento de seu cliente.


Em 2010, vídeo exibido pelo SBT mostrou o advogado Ércio Quaresma fumando crack em Belo Horizonte. Na época, ele defendia o ex-goleiro Bruno, do Flamengo. Foto: Reprodução SBT

Em novembro de 2010, um vídeo mostrou Ércio Quaresma fumando crack em favela de Belo Horizonte. Ele foi suspenso por 90 dias pela Ordem dos Advogados do Brasil. Pouco antes da exibição da cena na TV, o advogado, que, em 2009, já havia sido preso com pedras de crack escondidas na boca, admitiu, em entrevistas, usar drogas desde os 15 anos. Ele afirmou que estava em tratamento, mas teve recaídas.

Ércio Quaresma foi policial na década de 1980 e candidato ao governo de Minas Gerais em 1994. Como advogado, trabalhou em dois outros casos de repercussão nacional, ambos no Pará: o assassinato da missionária norte-¿americana Dorothy Stang e o massacre de sem-terra em Eldorado dos Carajás.

Em fevereiro deste ano, ele foi internado com crise de abstinência e, hoje, afirma que está escrevendo um livro sobre a dependência, junto com seu psiquiatra, Ronaldo Laranjeira.

Comentários
Faça seu comentário