|. HOME .| -->

Famosos fumando crack deram maior visibilidade ao problema

O crack começou a perder o estigma de droga para consumo exclusivo da população de rua quando o então prefeito de Washington (capital dos EUA), Marion Barry, foi flagrado, em janeiro de 1990, consumindo a droga em um quarto de hotel em companhia de uma mulher, que era informante do FBI – a Polícia Federal daquele país. Ver famosos fumando crack serviu de alerta ao país e levou a um endurecimento da legislação antidrogas e a um maior investimento em prevenção.


Então prefeito de Washington, Marion Barry (de pé) foi flagrado, em 1990, consumindo a droga em companhia de uma mulher, informante do FBI. Foto: Federal Bureau of Investigation

Um dos primeiros negros a exercer a prefeitura de uma grande cidade dos EUA, Barry era popular e estava em seu terceiro mandato. Porém, por conta da repercussão do caso, teve de renunciar à prefeitura e ficou detido por seis meses. Após a prisão, ele retornou à política em 1994 e se elegeu prefeito pela quarta vez.

No entanto, o Congresso dos Estados Unidos retirou grande parte da autoridade da Prefeitura de Washington, uma medida que muitos pensavam ter sido dirigida contra Barry. Ver famosos fumando crack era uma péssima novidade para o país. Barry, com a mudança, resolveu não mais se candidatar em 1998.

Faça seu comentário