|. HOME .| -->

As recomendações do Senado para os debates dos temas, antes da cúpula com os chefes de Estado na Rio+20

O relatório com recomendações elaborado pelo Senado está em sintonia com a estratégia adotada pelo Brasil para a Conferência sobre Desenvolvimento Sustentável Rio+20. Segundo informa o secretário-executivo do país na conferência, embaixador Luiz Alberto Figueiredo, estão programadas dez rodadas de debates com membros da sociedade civil, entre 16 e 19 de junho, intervalo entre as negociações e a cúpula com chefes de Estado.

Os dez temas são: água; florestas; energia sustentável para todos e inovação; cidades sustentáveis; oceanos; desemprego, trabalho decente e migrações; crise econômica e financeira; economia do desenvolvimento sustentável e padrões de produção e consumo; erradicação da pobreza; e segurança alimentar e nutricional.

Está prevista a participação de especialistas que vão desde ganhadores do Prêmio Nobel a presidentes de empresas e celebridades engajadas. Cada encontro vai formular três recomendações, que serão apresentadas aos chefes de Estado para debate nas reuniões de cúpula, fase final da Conferência Rio+20, de 20 a 22 de junho.

Confira, a seguir, todas as recomendações feitas pelo Senado em relação aos principais temas de debate durante a Rio+20.