|. HOME .| -->

Indústria no Brasil tem pouca participação nos produtos de inovação tecnológica


Fábrica na Zona Franca de Manaus: muitos produtos made in Brazil,
poucos created in Brazil (Foto: Suframa)

Um elo importante na cadeia de inovação tecnológica é considerado muito fraco no Brasil: a indústria. Responsável por grandes investimentos em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos mundo afora, no Brasil a participação da indústria é modesta, não chegando à metade dos gastos nacionais, já considerados baixos.

“Nossos empresários ainda preferem copiar técnicas importadas. Daí, temos muitos produtos made in Brazil, mas não temos praticamente nenhum created in Brazil. São produtos fabricados aqui com invenções de fora”, observa o senador Cristovam Buarque (PDT-DF), economista e ex-reitor da Universidade de Brasília.

A avaliação feita é que, sem atenção para a incorporação de novos processos, com produtos de inovação tecnológica, a indústria continue a perder peso relativo na composição do produto interno bruto do Brasil e, pior, participação no cenário internacional.

“Não basta importar a máquina, se não tivermos geração de conhecimento local. Com a importação da máquina, no curto prazo, faremos frente à concorrência naquele setor, naquele momento. Mas não faremos frente, no longo prazo, à necessidade de conhecimento local”, avalia Luiz Antônio Elias, secretário executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

“A indústria brasileira precisa se conscientizar de que é muito melhor criar a própria máquina do que ficar comprando as que vêm de fora. Existe independência tecnológica e acho que ainda não estamos lá”, reforça o cientista Marcelo Gleiser.

Sumário

Indicadores de inovação tecnológica no mundo: a posição do Brasil nos rankings

Participação de commodities e de produtos de alta tecnologia na exportação do Brasil

Crise econômica mundial, exportação de commodities e primarização

Investimento em pesquisa e desenvolvimento, ciência, tecnologia e inovação no Brasil

Financiamento público nos países para pesquisa e desenvolvimento de tecnologia

Indústria no Brasil tem pouca participação nos produtos de inovação tecnológica

Laboratórios de pesquisa do Coppe na UFRJ

Convênios tecnológicos da UFCG, PB, referência em tecnologia e engenharia

Incubadoras de empresas no Brasil

Inovação, empresas e universidades: parques tecnológicos no Brasil

Leis federais e estaduais para incentivo de ciência, tecnologia e inovação no Brasil

Pesquisa, ciência, tecnologia e inovação começam na educação

Investimento em inovação tecnológica: Finep e os pesquisadores brasileiros

Universidade: doutores que não chegam às empresas e à pesquisa na indústria do Brasil

Formação em engenharia no Brasil: engenheiros para ciência e inovação tecnológica

Orçamento público de ciência, tecnologia e inovação: investimento do governo do Brasil

Desenvolvimento de pesquisas: NITs e redes temáticas

Programa Ciência sem Fronteiras: bolsas para estudantes e pesquisadores

Programas do CNPq para desenvolvimento de projetos de pesquisa em empresas

A Lei do Bem (Lei nº 11.196, de 2005)

Empresas privadas e leis de incentivo à ciência no cenário nacional

A economia do conhecimento: seminário sobre produção, ciência, tecnologia e inovação

Universidades do Brasil: poucas patentes e inovação tecnológica

Projeto de lei para setor de ciência, tecnologia e inovação

Recursos: o fundo social dos royalties de petróleo