|. HOME .| -->

Empresas privadas e leis de incentivo à ciência no cenário nacional

A questão de público ou privado: empresas privadas e leis de incentivo à ciência no cenário nacional

Na opinião do professor Marcelo Gleiser, está faltando a integração da indústria nacional no processo da inovação tecnológica. “A Lei do Bem é muito pouco usada na produção científica. Por quê? Pelo que entendi, existem obstáculos para a liberação das verbas. É preciso dar mais autonomia e menos burocracia às pessoas que estão pedindo bolsa, para que seja agilizada”.

O neurocientista Miguel Nicolelis, um dos mais conceituados cientistas brasileiros no cenário internacional, cobra uma “Lei Rouanet” de incentivo à ciência, em referência à legislação nacional do setor cultural.

“Necessitamos, para ontem, de uma lei que permita que empresas privadas e doadores privados tenham desoneração fiscal, para que cada real investido em ciência do fundo privado tenha retorno para a empresa, porque senão não há como competir.”

Também contribui para complicar o cenário uma questão cultural brasileira, como explicou o presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Glaucius Oliva.

“Há uma série de amarras que a nossa concepção do que é público, e que nunca pode ser apropriado por alguém privado, não alcança. É uma visão muito curta. Na verdade, isso é investimento. Quando fazemos uma patente e ela é apropriada por uma empresa, vai gerar emprego, renda, divisas, riqueza, imposto, voltar para o governo e para os cidadãos. Precisamos perder um pouco dessa amarra de que o público e o privado são antagônicos, opostos”.

Sumário

Indicadores de inovação tecnológica no mundo: a posição do Brasil nos rankings

Participação de commodities e de produtos de alta tecnologia na exportação do Brasil

Crise econômica mundial, exportação de commodities e primarização

Investimento em pesquisa e desenvolvimento, ciência, tecnologia e inovação no Brasil

Financiamento público nos países para pesquisa e desenvolvimento de tecnologia

Indústria no Brasil tem pouca participação nos produtos de inovação tecnológica

Laboratórios de pesquisa do Coppe na UFRJ

Convênios tecnológicos da UFCG, PB, referência em tecnologia e engenharia

Incubadoras de empresas no Brasil

Inovação, empresas e universidades: parques tecnológicos no Brasil

Leis federais e estaduais para incentivo de ciência, tecnologia e inovação no Brasil

Pesquisa, ciência, tecnologia e inovação começam na educação

Investimento em inovação tecnológica: Finep e os pesquisadores brasileiros

Universidade: doutores que não chegam às empresas e à pesquisa na indústria do Brasil

Formação em engenharia no Brasil: engenheiros para ciência e inovação tecnológica

Orçamento público de ciência, tecnologia e inovação: investimento do governo do Brasil

Desenvolvimento de pesquisas: NITs e redes temáticas

Programa Ciência sem Fronteiras: bolsas para estudantes e pesquisadores

Programas do CNPq para desenvolvimento de projetos de pesquisa em empresas

A Lei do Bem (Lei nº 11.196, de 2005)

Empresas privadas e leis de incentivo à ciência no cenário nacional

A economia do conhecimento: seminário sobre produção, ciência, tecnologia e inovação

Universidades do Brasil: poucas patentes e inovação tecnológica

Projeto de lei para setor de ciência, tecnologia e inovação

Recursos: o fundo social dos royalties de petróleo